mandinga

April 12, 2010

abre alas de 2010

Filed under: NA AVENIDA — mandinga @ 9:47 pm

A pálpebra branca da tela teria apenas que refletir a luz que lhe eh peculiar e poderíamos explodir o universo… o filme eh uma magnifica e perigosa arma, se manejada por um espirito livre.Ele eh o mais admirável instrumento conhecido para expressar o mundo dos sonhos, da emoção, do instinto. O mecanismo que cria a imagem cinematográfica e, por seu próprio funcionamento, a forma de expressão humana que mais se assemelha ao trabalho da mente durante o sono. Um filme parece ser uma imitação involuntária do sonho… A escuridão que gradualmente invade a sala e o equivalente  ao fechar dos olhos. E o momento em que a incurso noturna ao inconsciente começa na tela e nas profundezas do ser humano. Como no sonho, as imagens aparecem e desaparecem em dissoluções, e o tempo e o espaço se tornam flexíveis, contraindo-se ou se expandindo a vontade. A ordem cronológica e a duração relativa nao correspondem mais a realidade… (bunuel)

No Comments »

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

 

Powered by R*